Blog

RENATA CORDEIRO



Livros de cabeceira

Dizem que todos têm um vicio na vida e pra alguém que não bebe, não fuma e evita doces… Acho que o meu é ler!
Pode crer! Quando fui à Copa de 2002 levei uma pequena coleção de livros, troquei os já lidos com meu chefe até que nosso estoque acabou. Apelei para bulas de remédio! Vício… Como controlar?
Pois contratei uma organizadora profissional para catalogar no computador os de minha casa pra que pudesse achar quando necessário e a conclusão é de que mais de quinhentos livros ( sem falar nos de arte) lotam as paredes de meu pequeno cafofo.
Me perguntei se precisava de todos mas ter que escolher entre eles e doar alguns, por mais bela que me pareça a ideia, é impossível.
Tentei escolher cinco, apenas cinco que eu não deixaria de levar em caso de incêndio, desabamento iminente ou sei qual desgraça. Aqueles que não saem de minha cabeceira. Se nela coubessem os cinco…
Impossível! Bom, tentei por assunto e no caso do esporte, cheguei a essa minimalista lista:

O Negro No Futebol Brasileiro – Mário Filho
O Homem E A Bola – Armando Nogueira
À Sombra Das Chuteiras Imortais – Nelson Rodrigues
Pelé – Mario Filho
Invasão De Campo – Bárbara Smit

Os irmãos Nelson e Mário são imprescindíveis pra quem quer aprender a escrever histórias. Não relatar fatos, mas contar histórias. Com Armando você descobre a poesia que existe na vida, inclusive no esporte e com Sra. Bárbara, descobre o início da Puma e da Adidas e como os irmãos Dassler criaram os calçados esportivos, o marketing e o merchandising esportivo e como o brasileiro Havelange começou a se tornar um dos homens mais importantes do esporte no mundo.
Cada uma dessas letrinhas vai te conduzir a mundos inspiradores, a lugares mágicos e à beleza que existe no esporte.
Boa leitura!!

Compartilhe:Email to someoneShare on FacebookPin on PinterestGoogle+Tweet about this on Twitter

Posts Relacionados