Blog

RENATA CORDEIRO



Pep Guardiola, o livro

Estava ansiosa para começar a ler o que assisto em campo. A nova (velha?) forma de jogar futebol que tem encantado e vencido e o homem que a trouxe ao mundo!
O futebol teve muitos momentos: do amadorismo, do individualismo e da surpresa absoluta que foi o carrossel holandês. Depois veio aquela triste lembrança para tantos brasileiros que foi a vitória da Itália em 1982 e a defesa se firmando sobre o ataque. Desde então muitos times mostraram belo futebol mas o fantasma da defesa descoberta sempre se impôs e trouxe figuras como ” o cara que não sabe jogar futebol, só defender…” Oi?
Guardiola resgatou a arte e leveza do esporte sem descuidar da defesa mas não com linhas fixas de zagueiros e botinões, mas com domínio da bola. Segundo ele, o pavor que tem de levar um gol é tamanho, seu medo de perder é tão grande, que a única forma que arrumou de sobreviver é não dando chance ao adversário. Não só fazendo gols, e são muitos, mas postando sua defesa próxima ao meio campo ( algo em torno de 43,5 metros de Neuer) e não deixando o outro lado muito tempo com a redonda nos pés!
E de onde ele tirou isso? Pep foi treinado por um dos maiores atletas da história do futebol! Desde as categorias de base ele foi condicionado por um sistema que privilegiava a inteligência física e corporal, ele seguiu a escola de Johan Cruyff, justamente o holandês que possibilitou o famoso carrossel de 1974. Para Cruyff o importante não eram títulos imediatos mas criar nas categorias de base a ideia de que de jogar bem é ter o controle da bola.
“Se você sai jogando bem, pode chegar a jogar bem de verdade. Se não o fizer, não tem nenhuma chance.” Dizia o holandês. Repete o espanhol.
Guardiola aprendeu, jogou assim e aprimorou a técnica para passar aos próximos talentos.

IMG-20160116-WA0005_corte
Adivinha quem lapidou o craque argentino Lionel Messi? Isso mesmo: Pep Guardiola!
Bom, mas o livro dá uma pincelada nessa época de Barcelona e mergulha mesmo na ida do técnico para o Bayern de Munique. A mudança, como explicar aos jogadores do time alemão suas táticas, as dificuldades por contusão, os treinamentos….pouca fofoca, como a briga dele com Mourinho ou suas desavenças com Sandro Rosell ex-presidente da Nike no Brasil e do Barcelona. O importante mesmo é como o cara transforma times e jogadores e a obcessão dele por aprimorar mais e mais os treinamentos. O antes, o durante e o depois dos jogos.
Você sabia que existe uma pesquisa que mostra que a alimentação dos atletas pós jogo deve ser feita até no ônibus, na saída do estádio, para evitar lesões? Pois é…senão, o risco de ” quebrar ” os caras aumenta sessenta por cento! Tudo é pesquisado, medido, pensado, por Pep e seus assistentes!
Se você gosta de futebol, precisa ler o livro. Nem que seja como consulta, para entender que mágica ele opera nos times que tanto conquistam títulos.
Pep vai migrar para a Premier League, pelo que se diz, e pra saber o que e como ele vai trabalhar Guardiola já!

Compartilhe:Email to someoneShare on FacebookPin on PinterestGoogle+Tweet about this on Twitter

Posts Relacionados